Notícias e Novidades
Pouca oferta de arroz e demanda por farelo elevam preços do grão
Sexta-feira, 03 de Junho

Preços pagos pela saca são os maiores da história, mas perda de produtividade deve afetar margem do produtor
 

As chuvas durante o plantio do arroz atrasaram o desenvolvimento das plantas e comprometeram a qualidade do cereal. No Rio Grande do Sul, as perdas superam 15%, e a baixa oferta já provoca impacto no mercado.


O presidente da Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, em entrevista durante a segunda edição de Mercado & Companhia desta quinta-feira, dia 2, afirmou que os preços pagos pela saca do produto são os maiores da história. No entanto, como as perdas foram acentuadas, ele acredita que os produtores não terão boa margem de lucro.


Outro fator que contribui para a alta dos preços é a maior demanda por farelo de arroz na composição da ração. A escassez do milho no mercado interno levou muitos criadores de suínos e aves a optar por novos ingredientes na mistura. Dornelles diz que o farelo é uma ótima alternativa, em virtude de sua composição nutricional.


O presidente da Federarroz afirma que não deve faltar arroz para o abastecimento nacional, apesar das perdas desta safra.



Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter