Notícias e Novidades
Milho sobe quase 9% na primeira quinzena de março
Sexta-feira, 18 de Março

Segundo o Cepea, clima chuvoso tem interrompido a colheita, limitando a oferta do grão no mercado

Os preços do milho seguem em alta em todas as regiões produtoras do Brasil, influenciados pela posição firme de vendedores e pela demanda aquecida, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Na sexta, dia 11, o Indicador Esalq/BM&FBovespa (base Campinas-SP) atingiu R$ 47,49 a saca de 60 quilos, com alta de quase 9% na parcial de março.

De acordo com o Cepea, a média à vista de Campinas, mas com prazos de pagamento descontados pela taxa NPR, foi para R$ 47,09 a saca.

Além de as chuvas estarem interrompendo a colheita da safra de verão em muitas regiões, o que limita a oferta interna, produtores se retraem à espera de preços ainda maiores.

Fonte: Canal Rural




deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter