Notícias e Novidades
Maior cooperativa de alimentos anuncia que 5% dos funcionários estão de férias coletivas
Sexta-feira, 19 de Fevereiro

Alto de custo de produção e a logística precária são apontados como os principais entraves do setor

O alto valor do milho combinado à fraca demanda interna, principalmente pela carne suína, obrigou a maior cooperativa de alimentos do país a readequar o volume de produção. De acordo com o vice-presidente da empresa, Neivor Canton, em cada uma das oito plantas da Aurora, pelo menos um setor está parado, o que representa 5% dos funcionários em férias coletivas forçadas.

O diretor de Agropecuária da empresa, Marcos Zordan, destaca que mercado está saturado para venda e a queda no consumo obrigou a Aurora a tomar esta atitude.

“Para ter menos oferta de produtos e tentar ter menos prejuízos, optamos pelas férias. Assim, adiantamos a folga dos funcionários, mas sempre com a esperança de que as coisas melhorem”, salienta.

O alto de custo de produção e a logística precária são apontados como os principais entraves do setor. Com isso, a empresa vem enfrentando dificuldades para repassar o aumento para os preços dos produtos finais.

O último trimestre de 2015, período que era esperado para a recuperação nas vendas com as festas do fim do ano, teve sobra de 8% do estoque em relação ao mesmo período de 2014.

O vice-presidente diz que as férias serão de 30 dias e novas contratações não estão previstas. Segundo ele, o plano para 2016 da empresa será revisto. 

Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter