Notícias e Novidades
Falta de chuvas em 2015 impactará oferta de boiadas
Segunda-feira, 01 de Fevereiro

Cenário indica valorizações acentuadas do boi gordo nas próximas semanas
A seca dos últimos três meses de 2015 firmou o mercado do boi gordo em janeiro de 2016. Segundo a Scot Consultoria, isso reduziu a oferta de boiadas terminadas no Centro-Oeste, no Norte e Nordeste.

O clima associado ao fim do confinamento fez a arroba, desde o começo do ano, acumular valorização de 2,3% no sudoeste de Mato Grosso. Mesmo com o cenário de consumo ruim, característico de janeiro e agravado pela crise econômica, o mercado do boi gordo segue firme.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nos próximos três meses do ano, a previsão é de chuvas abaixo do normal nessa parte do país. O que indica que a oferta de boiadas terminadas, que já dava indícios de ser curta, será composta pelos escassos bois magros e garrotes de 2015, podendo ser ainda menor. Um jogo a favor das altas no preço da arroba.

Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter