Notícias e Novidades
Boi gordo: volta às aulas pode aumentar o consumo de carne
Terça-feira, 30 de Janeiro

Confira as principais notícias sobre dólar, mercado agrícola e previsão do tempo para começar o dia bem informado

O mercado físico do boi gordo teve preços mais baixos nesta segunda-feira, dia 29. Os frigoríficos continuam testando os mercados locais, diante de um escoamento bastante lento da carne bovina entre as cadeias.

Por parte destes não existe interesse em aumentar ou até mesmo manter o ritmo aquecido do final de 2017, uma vez que as margens operacionais caíram, os estoques aumentaram e a atividade ficou, consequentemente, menos atrativa. 

De acordo com a Radar Investimentos, a dificuldade da indústria em encontrar animais terminados nos últimos dias trouxe a média das escalas para o menor patamar desde setembro de 2017 e próximo aos níveis da entressafra de 2016.

O baixo escoamento via exportações também não favorece compras maiores e o testes de preços menores no balcão continuam. Porém, a Scot Consultoria indica que o retorno das aulas nesta semana pode elevar o consumo de carne.

Já o mercado atacadista operou com preços estáveis. Ainda há pressão de baixa devido ao período de fim de mês. Para efeito comparativo, o boi casado registrou o menor preço desde o dia 10 de novembro do ano passado (52 dias úteis) no atacado paulista. Para a carne sem osso, na média de todos os cortes pesquisados, a cotação caiu 3,9% em um mês. 

Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter