Notícias e Novidades
Piora a relação de troca entre o boi gordo e o milho
Segunda-feira, 18 de Setembro

retração nas vendas por parte dos produtores de milho e a boa movimentação para exportação deram sustentação aos preços do grão no mercado interno. Por outro lado, as altas na arroba do boi gordo foram interrompidas

A relação de troca entre o boi gordo e o milho piorou neste mês, na comparação com agosto. De acordo com a Scot Consultoria, atualmente é possível comprar em São Paulo 5,23 sacas de milho com o valor de uma arroba de boi gordo. Com a alta do milho e os recentes recuos no preço do animal no estado, a relação de troca piorou 1%.

 

A retração nas vendas por parte dos produtores rurais de milho e a boa movimentação para exportação foram alguns dos motivos que deram sustentação aos preços do grão no mercado.

Na região de Campinas (SP), a saca está cotada em R$ 28 para a entrega imediata, sem o frete. Este valor é 9,6% maior em relação à média de agosto deste ano. Porém, na comparação com o mesmo período do ano passado, o milho está custando 30,4% a menos.

 

De qualquer forma, em relação à setembro de 2016, o poder de compra do pecuarista ainda está bom. A melhora foi de 38,2%, o equivalente a 1,45 saca de milho a mais com o valor de uma arroba de boi gordo.

A Scot indica que a tendência para este semestre é de preços firmes para o milho, puxados pela boa demanda para exportação. No entanto, a boa disponibilidade interna do cereal na temporada é um fator limitante para as altas. Já em relação ao boi, com a pressão de alta perdendo força no mercado pecuário, espera-se que a relação de troca seja prejudicada nos próximos meses.

Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter