Notícias e Novidades
Demanda lenta por matéria-prima regula mercado
Quinta-feira, 26 de Janeiro

Cenário predominante é de cotações ao redor da referência à vista

Poucas alterações na referência para o boi gordo na última terça-feira, dia 24, data do último levantamento da Scot Consultoria. Destaque para Goiás, onde houve queda nas duas regiões pesquisadas. Em São Paulo, alta no preço a prazo.


No estado, existem ofertas de compra para pagamento em trinta dias de até R$ 153,00/@, o que revela significativa amplitude em relação aos útlimos dias.


Contudo, o cenário predominante é de cotações ao redor da referência à vista. As escalas de abate atendem, em média, entre quatro e cinco dias. Algumas indústrias estão fora das compras, como reflexo do desestímulo ao prolongamento das programações.


Segundo analistas, a dificuldade de escoamento da carne e a tendência de pressão baixista para a arroba explicam o cenário de demanda lenta por matéria-prima.


No mercado atacadista de carne bovina os preços estão estáveis, com a carcaça bovina cotada em R$ 9,41/kg para bovinos castrados.


Fonte: Canal Rural


deixe seu
comentário

Assine nossa

newsletter